ABRIN 2024 traz as últimas tecnologias da maior feira de brinquedos do mundo

0
311

A renomada feira  Spielwarenmesse participará da ABRIN 2024 para  destacar as últimas tendências do mercado internacional. Referência no cenário nacional e internacional dentro do universo de brinquedos, promovida pela Francal em parceria com a ABRINQ, a ABRIN  mostrará os principais lançamentos do setor no país.

“A gama de tendências trazidas pela Spielwarenmesse inclui o crescente interesse em colecionáveis (kidults), colecionáveis premium, fantasia criativa (RPG, jogo com miniaturas) e jogos de mesa, abrangendo desde tabuleiros até cartas. É importante ressaltar que muitos dos brinquedos que são apresentados como tendência no exterior já estão disponíveis no Brasil, sem a necessidade de importação. Isso não apenas promove a diversidade e o acesso a uma ampla gama de produtos, mas também contribui significativamente para a economia local, evitando custos adicionais de importação e fortalecendo a indústria nacional de brinquedos”, afirma Débora Creutzberg, representante da Spielwarenmesse no Brasil.

Já para Synésio Batista da Costa, presidente da ABRINQ, Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos  a participação da Spielwarenmesse na ABRIN 2024 destaca a importância e o prestígio internacional da nossa feira como um ponto de encontro essencial para a indústria de brinquedos.

“A colaboração com a Spielwarenmesse fortalece nossa missão de proporcionar aos participantes acesso às mais recentes tendências e inovações globais, enquanto também promove o intercâmbio de conhecimentos e experiências entre diferentes mercados. Estamos ansiosos para compartilhar ideias e estabelecer parcerias frutíferas durante este evento”, destaca o presidente.

A ABRIN 2024 acontecerá entre os dias 3 e 6 de março, no Expo Center Norte, em São Paulo. O evento reforça seu compromisso em proporcionar um ambiente inclusivo e enriquecedor para todos os participantes, promovendo a troca de ideias e o fortalecimento da indústria de brinquedos no Brasil.

Foto: Divulgação