Ativen e Aging 2.0 propõem debates sobre educação, tecnologia, inovação e saúde durante a Longevidade Expo+Fórum

0
207

“Aprender é a única coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende.” A frase do polímata Leonardo da Vinci ressalta o valor do aprendizado em todas as fases da vida, inclusive na longevidade. O aprendizado contínuo, sobretudo na idade madura, estimula o cérebro, mantendo-o ativo e ajudando a preservar a saúde cognitiva. Além disso, a prática ajuda na socialização e oferece a oportunidade de explorar novos interesses e diferentes áreas de conhecimento. Para destacar a importância da educação para os 50+, a quinta edição da Longevidade Expo+Fórum abordará o tema de forma intensa, por meio de diversas atividades e palestras.

Um dos destaques deste ano é o painel “Aprendizado 50+: o papel das universidades na geração de propósito de vida, empreendedorismo e capacitação”,  concebido pela Ativen. O encontro vai conduzir os participantes à reflexão das oportunidades que o aprendizado continuado pode trazer à vida sênior, além de debater a necessidade de mais investigação e interesse por parte das instituições de ensino para atraírem alunos 50+ para seus cursos. 

De acordo com o CEO e co-founder da Ativen, embaixador do Aging 2.0 para a América Latina e moderador do painel, Sérgio Duque Estrada, a ideia é levar ao palco da Longevidade Expo o debate sobre os projetos das universidades públicas e privadas para a população sênior.

“Queremos explorar as potencialidades do aprendizado voltado para as necessidades e desejos do público 50+, abordando as demandas desse público que não é homogêneo. Precisamos discutir qual é a grade pedagógica mais interessante para essas pessoas, bem como a importância da intergeracionalidade na educação e nos negócios. Será uma conversa importante, que ajudará a expandir o pensamento de pessoas, instituições de ensino e de empresas”, destaca.

Telemedicina e seus impactos na saúde 60+: presente & futuro

Ainda falando sobre atualização do conhecimento,  a Ativen juntamente com o Aging 2.0, apresentarão na Longevidade Expo+Forum um painel especial sobre a importância da utilização das inovações tecnológicas nos lares, ILPIs (Instituições de Longa Permanência de Idosos), nas clínicas, consultórios médicos e em hospitais. Também se discutirá a adequação e acessibilidade das inovações de saúde para os 50+.

“O objetivo é abordar como os 50+ interagem com essas tecnologias e como as empresas podem pensar soluções que atendam às necessidades desse público, através de sistemas mais acessíveis e intuitivos”, enfatiza Duque Estrada. O especialista ressalta ainda a importância de pensar em um design universal, que seja inclusivo e que colabore diretamente para a saúde, para a segurança e para o bem-estar do longevo e de qualquer outra geração. O painel deve contar com a participação de Dr. Chao Lung Wen, médico, professor e chefe da disciplina de Telemedicina da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e do Dr. Fabrício Machado, diretor de inovação da Prevent Senior.

A edição de 2023 da Longevidade Expo+Fórum acontece de 29 de setembro a 1º de outubro no Expo Center Norte, em São Paulo. Confira a programação do Congresso Longevidade aqui e aproveite para fazer a sua inscrição.

Fonte/Fotos: Aline Porfírio / Longevidade Expo+Fórum