Sobratema promoverá em novembro o Tendências no Mercado da Construção

0
289

O 18º Tendências no Mercado da Construção está com a data definida. O evento estratégico da Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração (Sobratema) será realizado no dia 23 de novembro, a partir das 15h00.

O destaque da programação fica por conta da nova edição do Estudo Sobratema do Mercado Brasileiro de Equipamentos para Construção, a ser apresentada por Mario Miranda, consultor da Sobratema e coordenador do Estudo. Ele trará as projeções econométricas da comercialização de máquinas em 2023, com perspectivas para 2024, e mostrará os resultados da pesquisa com as empresas sobre o mercado da construção, o setor de máquinas e a economia brasileira.

O economista Luís Artur Nogueira trará uma avaliação do cenário econômico e as perspectivas para o próximo ano, com o intuito de nortear os caminhos dos empresários, auxiliando na construção do planejamento estratégico e na tomada de decisão mais assertiva por parte de construtoras, mineradoras, locadoras, fabricantes de máquinas, indústria de peças e componentes, distribuidores e fornecedores de serviços.

Após as apresentações, o Tendências no Mercado da Construção terá um debate com a participação de Eurimilson Daniel, vice-presidente da Sobratema, de Christiano Kunzler, CEO da InfraBrasil, e dos palestrantes Mario Miranda e Luís Artur Nogueira. A moderação é de Vagner Barbosa.

Destinado a empresários, diretores, gerentes, profissionais e engenheiros de construtoras, mineradoras, pedreiras, locadoras, fabricantes de equipamentos, distribuidoras, demais companhias ligadas à indústria da construção, entidades setoriais e representantes do governo, o evento é uma promoção da Revista M&T.

Ao longo de suas edições, o Tendências no Mercado da Construção se consolidou como um encontro estratégico para o setor, pois traz temáticas e conteúdos relevantes, debatidos por renomados especialistas, que contribuem no direcionamento das ações e iniciativas a serem realizadas, resultando em desenvolvimento sustentável de toda o ecossistema da construção.

Foto: Divulgação