Triciclos da Piaggio começam a conquistar a simpatia do mercado brasileiro

0
235

Versáteis, econômicos e leves, os triciclos da Piaggio desembarcam no Brasil recentemente e já estão conquistando a simpatia do mercado, sobretudo os modelos a gasolina para passageiro e para carga. Os clássicos triciclos da marca italiana surgidos no pós-guerra, a partir de uma adaptação da Vespa, são representados no país pelo grupo 2W Motors, comandado pelos irmãos paulistanos Raul e Maurício Fernandes, empresários com vasta experiência no mercado de duas rodas.

O Piaggio Ape City Passenger para até quatro pessoas e o Piaggio Ape Cargo com capacidade até 500kg e com lugar para o motorista têm atraído a atenção do mercado B2B. Fáceis de customizar, são adaptados para as necessidades de cada empresa e já podem ser vistos em eventos, pontos turísticos, quiosques em shopping centers e condomínios. Neste fim de semana, 21 e 22, a Piaggio estará com seus triciclos na 6ª edição do Lucky Friends Rodeo Motorcycle, em Sorocaba, no interior de São Paulo. O evento reúne várias marcas e diversas atrações em um espaço com mais de 70 mil metros quadrados.

“Esta é a quarta participação da 2W Motors no evento, mas a primeira com a Piaggio, e acreditamos que será uma boa oportunidade para mostrar nossos triciclos. Um veículo cool, simpático e que tem conquistado as pessoas mundo afora seja pela sua versatilidade, custo-benefício e que atrai de um pequeno empreendedor até o público B2B, nosso principal foco”, afirma Raul Fernandes Jr, sócio-diretor da 2W Motors. Além da Piaggio, estarão em exposição também os pneus da CEAT, que equipam os triciclos de fábrica e é uma outra marca italiana representada pelo grupo no país.

Versatilidade e custo-benefício – Com tradição de 75 anos na cultura italiana, os triciclos são de fácil dirigibilidade (ao invés de volante têm guidão e exigem CNH tipo A para motos), baixo custo de aquisição e manutenção e boa capacidade de carga. Aliam, ainda, performance e design, estão fora do rodízio municipal (SP) e pagam IPVA de moto. Em 2022, o grupo começou a trazer os primeiros triciclos ao Brasil com intuito de oferecer uma opção mais acessível às empresas que buscam veículos para entregas rápidas, para cargas até meia tonelada e transporte de passageiros.

“Os modelos movidos a gasolina além da praticidade são econômicos, fazem até 33 km por litro, possuem uma autonomia de 285 km, atingem até 60km/h e como é fechado, motorista e passageiros ficam protegidos, diferentemente de uma motocicleta e tem agradado”, explica Fernandes.

O modelo Piaggio Ape City Passenger está disponível em quatro cores, tem som integrado, capacidade para até 300 kg, quatro marchas mais ré e valor de R$ 41.900,00. Já o Piaggio Ape Cargo é vendido por R$ 42.900,00, também em quatro cores, tem cinco marchas mais ré, potência de 4500 rpm e motor de refrigeração a ar.

Treinamento no México – No início deste mês, parte da equipe do Brasil participou de um treinamento da Piaggio, em Cancún, no México, entre eles, o diretor Raul Fernandes Jr, Rodrigo Villas (diretor de operações da 2W Motors) e Fábio Guerrero (chefe técnico do grupo). Foram cinco dias de um treinamento intensivo com representantes da América Latina, que contou inclusive com a presença de Rajendra Kakad, gerente de pós-vendas da Piaggio Latam, na Índia.

“Acredito que os consumidores brasileiros receberão os triciclos a gasolina de uma forma muito positiva, porque entendemos que por gostarem de novidades e de conviverem com inovações no dia a dia, os dois modelos tanto de passageiro quanto o de carga irão atender às necessidades de uma forma muito prática”, afirma Kakad.

O executivo indiano esteve pela primeira vez no Brasil, no final de julho, para conhecer a linha de operações da 2W Motors em São Paulo e também no Centro de Distribuição e Montagem do grupo, sediado em Araquari, no interior de Santa Catarina. Kakad está há 11 anos na Piaggio e comentou que achou a visita ao país muito produtiva.

Fotos: Divulgação