BFSHOW acontece em parceria com 16 sindicatos calçadistas

0
301

A primeira edição da Brazilian Footwear Show – BFSHOW, que acontece de 21 a 23 de novembro, no Centro de Eventos FIERGS, em Porto Alegre/RS, será um marco na história do setor calçadista. Isso porque, além de ser uma feira diferenciada, em termos logísticos, de otimização de custos, transparência nos números – que são todos auditados -, visitação segmentada e internacionalizada, o evento já conta com uma rede de apoio significativa de 16 sindicatos das indústrias de calçados de todo o Brasil.

Quem está à frente do processo de realização da primeira feira nacional promovida pelo mercado para o mercado de calçados, com foco total em negócios, é a Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), em parceria com a promotora NürnbergMesse Brasil. O presidente-executivo da entidade calçadista, Haroldo Ferreira, destaca que, além de ser uma plataforma de negócios para a indústria, a BFSHOW está se transformando em um elo de união entre as entidades representativas dos principais polos calçadistas do Brasil, de Norte a Sul do País. “É quase consensual no mercado que precisávamos de mudanças no calendário de lançamentos da indústria. Desde o princípio, quando a ideia de uma feira organizada pela Abicalçados passou a ser debatida, tivemos um processo democrático, que ouvia todos os envolvidos, potenciais expositores e lojistas. Acredito que o fato tenha sido fundamental para registrarmos essa rede de apoio inédita na nossa atividade”, avalia o executivo.

O CEO da NürnbergMesse Brasil, João Paulo Picolo, exalta a importância da união e da sinergia entre as entidades representativas do setor. “Certamente, toda essa rede de apoio criada em torno da BFSHOW será um impulso a mais para a mais importante feira nacional da indústria de calçados no Brasil. Além de já ter mais de 70% dos polos calçadistas brasileiros representados no evento, a BFSHOW contará com uma importante diversidade de empresas, perfis e produtos, o que deve atrair mais lojistas e importadores dos principais players mundiais”, projeta.

Sindifranca: demanda antiga

O presidente do Sindicato da Indústria de Calçados de Franca (Sindifranca), José Carlos Brigagão, ressalta que a Abicalçados, historicamente, sempre trabalhou em prol do engrandecimento do setor calçadista. “A iniciativa de criar a BFSHOW foi mais um atendimento a uma demanda antiga do setor por uma feira que unificasse os eventos no Brasil, de forma a fortalecer os negócios do calçado. A feira, que carrega a marca-referência internacional Brazilian Footwear, atrairá um incontável número de lojistas e importadores para o Brasil”, avalia. Segundo o dirigente, a estratégia de contatos que foi montada, abrangendo Estados Unidos, Europa e Oriente Médio, potencializará ainda mais a participação do público internacional. “Com certeza, a BFSHOW irá se tornar, em breve, feira obrigatória do calendário internacional do ramo da moda. Nós do Sindifranca, responsáveis pelo coletivo do Espaço Moda Franca, estaremos presentes neste evento histórico”, orgulha-se Brigagão.

Sicergs: apoio ao desenvolvimento

O presidente do Sindicato da Indústria de Calçados do Rio Grande do Sul (Sicergs), Renato Klein, aponta que a iniciativa é mais uma, entre tantas, que apoiam o desenvolvimento do setor calçadista brasileiro. “Representando o maior exportador entre todos os estados brasileiros, em divisas para exportações de calçados, o Sicergs tem enorme satisfação de apoiar mais essa iniciativa em prol da atividade. A indústria calçadista nacional, que há muito sofre com um processo grave de desindustrialização, precisa, cada vez mais, da criação de soluções que ajudem as vendas nacionais e internacionais. A BFSHOW, que já nasce com a proposta de ser uma feira feita por calçadistas para calçadistas, com orientação total ao mercado e foco em negócios, é uma feira que certamente contribuirá para o desenvolvimento do nosso setor por meio da promoção comercial e de imagem”, ressalta Klein, destacando que o evento conta com uma equipe extremamente experiente e com ampla bagagem na organização da participação brasileira em algumas das maiores feiras de calçados do mundo.

Sinbi: união das empresas

O presidente do Sindicato das Indústrias de Calçados e Vestuário de Birigui (Sinbi), Renato Ramires, destaca que a BFSHOW uniu não somente os empresários do polo calçadista local, mas de todo o Brasil, em prol do desenvolvimento da atividade. “A feira possibilita a apresentação e valorização dos produtos, independente de porte da empresa ou nicho de mercado. Certamente, terá papel fundamental também no aumento da visibilidade nacional e internacional para as marcas envolvidas”, comenta o dirigente. Para ele, a feira também reforça a representatividade do setor, colocando as empresas como protagonistas do processo de consolidação do evento. “A nossa expectativa é a melhor possível, pois acreditamos que a BFSHOW irá criar oportunidades tanto com lojistas nacionais quanto internacionais, direcionando as empresas de acordo com a demanda dos compradores”, projeta Ramires, ressaltando o fundamental papel da ApexBrasil na atração de compradores qualificados de grandes players internacionais.

Dois Irmãos e Bahia: uma nova cultura de feira

Paulo Vicente Bender, presidente dos sindicatos das indústrias de calçados de Dois Irmãos e da Bahia, acredita no sucesso da feira, especialmente pela inovação que representa na criação de uma “nova cultura” no setor. Segundo ele, ao mesmo tempo em que a BFSHOW trabalha fortemente o potencial da maior indústria de calçados fora da Ásia em âmbito internacional, une as empresas de todos os polos brasileiros. “A parceria entre a Abicalçados e os sindicatos das indústrias favorece, sobretudo, a troca de informações e experiências locais e nacionais, de forma a possibilitar uma melhor visão de futuro para a atividade. A minha expectativa é otimista, tanto para o mercado interno quanto mercado externo”, avalia.

Sindinova: casamento perfeito

O diretor financeiro do Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Calçados de Nova Serrana (Sindinova), Júnior César Silva, ressalta que a relevância da BFSHOW passa, principalmente, pelo fato de a organização sempre ter escutado os empresários no que diz respeito à montagem, divulgação, valores etc, o que não acontecia com as feiras convencionais do mercado. “A BFSHOW já nasce atraindo muito a atenção das empresas do nosso polo de Nova Serrana e, por isso, a parceria da Abicalçados com o Sindinova se faz ainda mais relevante. Muitas empresas daqui, até mesmo por uma questão de recursos, não conseguiriam participar individualmente, mas agora poderão participar em espaço coletivo por meio dessa parceria”, explica. Segundo Júnior, as expectativas de negócios são positivas, especialmente pelo fato de a feira ter um foco em negócios e não apenas em promoção e prospecção. “A nossa expectativa é de que as fábricas saiam da BFSHOW já com vendas efetivadas. Acredito que, somando a expertise da Abicalçados com a dos empresários, já acostumados com a participação em feiras nacionais e internacionais, a feira será um sucesso. É o casamento perfeito”, conclui o dirigente.

SIC NH: apoio em momento nebuloso

Para o presidente do Sindicato das Indústrias de Calçados de Novo Hamburgo (SIC NH), Paulo Ricardo da Silva, a feira deverá auxiliar o setor calçadista na recuperação em um momento “ainda nebuloso”, com o mercado doméstico oscilante e as dificuldades provocadas pelo desaquecimento da economia internacional e o retorno da China para o mercado de calçados. “As entidades representativas têm o grande papel e desafio de, além de estar em constante busca por melhores condições produtivas junto aos poderes públicos, apontar os melhores caminhos para a competitividade das empresas, da porta para dentro da fábrica. Neste sentido, acreditamos que a Abicalçados, por meio da BFSHOW, está buscando o melhor para as indústrias do setor, otimizando custos e focando em negócios para abastecer o varejo nacional e internacional, este último com o apoio fundamental da ApexBrasil”, comenta. Sobre a importância da integração da Abicalçados e os polos calçadistas brasileiros, o dirigente ressalta que a união é fundamental. “A Abicalçados é o guarda-chuva das pautas que trabalhamos nos polos. A aproximação, para o fortalecimento da BFSHOW, é fundamental por isso, porque traz mais uma oportunidade de negócios para as empresas e demonstra que a força da indústria está distribuída nos quatro cantos do Brasil”, acrescenta.

Sindicalçados: solução importante

O Sindicato das Indústrias de Calçados de Jaú (Sindicalçados) é parceiro de longa data da Abicalçados, atuando como um braço regional de desenvolvimento em um dos polos calçadistas que mais cresce no Brasil. Segundo o presidente do sindicato, Luis Felipe Rodomonte de Souza, a iniciativa de realização da BFSHOW é uma solução importante, pois vem para otimizar custos em uma feira efetivamente focada em negócios e que deve atrair milhares de compradores brasileiros e internacionais, primeiro para Porto Alegre e depois para São Paulo. “Ter uma entidade séria e comprometida como a Abicalçados à frente da BFSHOW é certeza de que o evento já deu certo. E quem ganha somos nós, os calçadistas brasileiros”, diz.

Sindigrejinha: dinamismo do mercado

Segundo o presidente do Sindicato das Indústrias de Calçados de Igrejinha (Sindigrejinha), Vinicius Mossmann, uma das características do mercado de calçados é o dinamismo. “Nós, empresários e representantes sindicais, sentimos na pele isso. Ter uma feira com uma gestão especializada dos ‘donos do problema’ ajuda a transferir todas as mudanças com uma velocidade maior para o mercado, de forma a ficarmos sempre atualizados com as demandas setoriais”. Segundo ele, a BFSHOW representa uma política de aproximação com os sindicatos das indústrias de calçados de todo o País, auxiliando em pautas comuns aos calçadistas. “Não vejo a feira apenas como relevante, mas como fundamental. A criação e manutenção desse canal de comunicação será muito salutar para a atividade”, destaca o dirigente, ressaltando que a feira traz boas expectativas para as empresas associadas, por questões logísticas e de custos para os visitantes. “Também nos permite atingir mercados diferentes que, por vezes, não são fomentadas em outras feiras do setor”, conclui.

A feira

A menos de quatro meses de sua realização, a primeira edição da BFSHOW já tem mais de 100 marcas confirmadas, que ocupam mais de 90% dos espaços disponíveis para exposição no Centro de Eventos FIERGS. A NürnbergMesse Brasil, empresa promotora ligada ao grupo alemão NürnbergMesse, reporta a estimativa de um total de mais de 150 marcas, que ocuparão integralmente os 12 mil metros quadrados do local.

Estão confirmadas na primeira edição da BFSHOW, as marcas ADG Export, Adrun, Ma Belle Calçados, Anatomic Gel, Andacco, Batatinha, BTA, Bebecê, b/green, Bibi, Boaonda, Bottero, Byara, Camin, Carrano, Cravo & Canela, Crômic, D Capri, Dakota, Kolosh, Mississipi, Tanara, Campesí, Pink Cats, Kolway, Democrata, Di Valentini, Improviso, Mormaii, Dilly Sports, West Coast, Ferracini 24h, Freeway, Gogowear Calçados, Guilhermina, Itapuã, New Face, JM Shoes, Kidy, K360, Minecraft, Corinthians, Klin, Levecomfort, Leveterapia, Sua Cia, Mini sua Cia, Lynd, Macboot Calçados, Ortopasso, Pampili, Pampili Mini, Tweenie, Calçados Pegada, PG4, Piccadilly, Pimpolho, Colorê, Plugt, Ramarim, Comfortflex, Randall, Savelli, SVL Footwear, Scatamacchia, Star Flex, Stir Calçados, Strike, Aramis, Coca-cola Shoes, Colcci, Diversão Calçados, Forum, Hurley, Street, Redley, Kenner, Rainha, Topper, Usaflex, Via Marte, Via Uno, Villarosa, Villione, Vizzia, Mac Colors, Macarena, Delta Sport, Léo Kids, Vizzia Kids, Léo Baby, Bia Baby, Vulcabras – apresentando as tecnologias Mizuno, Olympikus e Under Armour -, Walk Way, Wirth, World Colors, LPS, Hello Kitty, Alex Senne, Classe Couro, Djean, U Frog, Ortopé, Zetti Bolsas e Viccini. Apoiam a realização da BFSHOW os sindicatos das indústrias do Rio Grande do Sul, Bahia, Paraíba, Estância Velha, Sapiranga, Birigui, Campo Bom, Dois Irmãos, Jaú, Fortaleza, Farroupilha, Parobé, Franca, Igrejinha, Nova Serrana e Novo Hamburgo.

oto: Divulgação