Vem aí a 1ª Parada da Longevidade

0
694


Inspirados pela Declaração da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia do Estado de São Paulo (SBGG-SP) decidiu trazer luz à importância de pensar e sentir o envelhecimento de maneira positiva, reconhecendo o valor essencial e as contribuições dos idosos para a sociedade. Assim, destacando a necessidade de políticas inclusivas que promovam a participação social, a saúde mental e o bem-estar das pessoas idosas.

É com imenso orgulho que a SBGG-SP anuncia a realização da 1ª Parada da Longevidade, um evento dedicado a promover a conscientização sobre os desafios enfrentados pelos idosos e a importância de um envelhecimento saudável e ativo.

O evento, que acontecerá dia domingo (24), na Avenida Paulista, a partir das 9 horas da manhã, vai reunir famílias, especialistas, profissionais de saúde e membros de toda a comunidade para promover a qualidade a uma população que envelhece diariamente.

A 1ª Parada da Longevidade contará com uma caminhada que terá início em frente à FIESP e o término será em frente à Casa das Rosas, com uma apresentação da bateria das Velhas Guardas.  

O principal objetivo desse momento histórico é inspirar ações políticas e concretas para criar ambientes mais inclusivos e amigáveis para todas as idades dentro da nossa cidade, estado e país.

“A Parada da Longevidade é uma oportunidade crucial para promover uma reflexão sobre como pensamos e sentimos o envelhecimento”, diz doutor Paulo Duarte, presidente da SBGG-SP. “Estamos comprometidos em criar uma sociedade onde os idosos se sintam valorizados e tenham acesso a recursos que lhes permitam envelhecer com saúde e dignidade”.

A Declaração da OPAS e a realização da 1ª Parada da Longevidade destacam a necessidade de uma abordagem holística para o envelhecimento, que reconheça não apenas as necessidades físicas, mas também as emocionais, sociais e culturais dos idosos. Ao desafiar estereótipos negativos e promover uma cultura de respeito e inclusão, podemos construir um futuro em que todas as pessoas possam envelhecer com dignidade e bem-estar.


O evento é apoiado pelas seguintes instituições: FIESP, Secretaria Estadual de Saúde, Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, Associação Brasileira de Gerontologia, Associação Brasileira de Alzheimer – Regional SP, Associação Médica Brasileira, Aptare, Associação São Joaquim, Liga das Escolas de Samba de São Paulo, Convita, EternamenteSou, Intituto Jô Clemente, Maturi, Longevidade Expo+Forum, PUC-CAMPINAS – Vitalità, CAF – Centro de Ensino e Assistência em Fonoaudiologia, AME CRI-Norte, Sociedade Brasileira Caminho de Damasco (SBCD), Sociedade, Unibes  (União Brasileiro Israelita do Bem Estar Social), Unidade de Referencia à Saúde do Idoso – Geraldo de Paula Sousa, Ambulatório LGBTiA 60+ Campinas, Ambulatório Trans 40+, USP 60+, Velho Amigo, Virada da Maturidade, Walking Football Brazil.

Foto: Divulgação