Doces talentos: os cinco melhores chefs de confeitaria do Brasil em 2023

0
597

Com a crescente demanda por experiências gastronômicas únicas, a confeitaria tem se consolidado como um setor em constante evolução e inovação no Brasil. Segundo uma pesquisa divulgada pelo Sebrae, o mercado de confeitaria movimenta cerca de R$12 bilhões de reais ao ano no país, representando um crescimento significativo em relação aos anos anteriores.

A tecnologia tem desempenhado um papel fundamental no sucesso da confeitaria contemporânea. Plataformas digitais, ferramentas de automação e novas técnicas de produção têm permitido aos confeiteiros desenvolver novas habilidades e criar produtos ainda mais surpreendentes e diferenciados.

Além do talento e da técnica, os confeiteiros brasileiros têm se destacado pela sua criatividade e visão empreendedora. Muitos profissionais têm investido em novos modelos de negócio, como a venda de produtos online, a criação de cursos e workshops e a abertura de lojas especializadas, ampliando ainda mais o alcance e o impacto da confeitaria no país.

Nesse contexto, nós temos o prazer de apresentar a lista dos cinco principais chefs de confeitaria do país. São profissionais que se destacam por sua criatividade, técnica apurada e visão empreendedora, sendo referências no setor e inspirando uma nova geração de confeiteiros. Venha conosco nesta jornada pelos sabores e texturas que definem a confeitaria brasileira e descubra quem são os reis e rainhas dos doces no país.

Com criatividade, técnica e 25 anos de carreira, Carole Crema é referência em confeitaria, criando novos conceitos e aperfeiçoando receitas consagradas. Formada pela Thames Valley University, The Moisimann Academy (Londres) e pelo Instituto La Cultura Alimentari (Milão), é Autora do livro “O Mundo dos Cupcakes”, lançado em 2010 pela editora DBA e co-autora de “400g Técnicas de Cozinha” editora Cia. Nacional, de 2007. Seu trabalho e talento foram reconhecidos com o prêmio de Chef Pâtissier do Ano em 2011 e 2016 pela revista Prazeres da Mesa. É jurada no programa Que Seja Doce do GNT, com sua quarta temporada em exibição às 20h, todos os dias.

Eloisa é Bacharela em Gastronomia pela Univali de Santa Catarina e Pós Graduada em Educação. Desde sempre foi apaixonada por culinária, com atenção especial para doces, bolos e sobremesas. Ela atua profissionalmente no setor há mais de 14 anos e em 2019 fundou Eloisa Cola Escola de Confeitaria e a transformou na principal escola digital de empreendedorismo e confeitaria da América Latina, tendo formado mais de 40 mil pessoas para empreender com confeitaria no Brasil e no exterior. Seus cursos são pensados para ensinar não apenas confeitaria, mas também como empreender, ter um negócio e vender nas redes sociais. Ela também é conhecida pelo aplicativo InfoBakery, uma plataforma desenvolvida por ela e sua equipe para o setor gastronômico.

Mineiro de Chapada do Norte, o Paulo Rocha é um chef confeiteiro ímpar e ganhou destaque em 2022 ao participar do reality show Iron Chef Brasil (Netflix) e ser o primeiro competidor a desbancar um Iron Chef. O chef confeiteiro hoje é responsável pelas seis casas do Restaurante President – do midiático chef Érick Jacquin. Sempre amou a pâtisserie francesa (a confeitaria clássica) e por isso se especializou em entregar seus doces com o conhecimento da técnica e um sabor ímpar. Paulo é alegria por onde passa e seu sorrisão enche o ambiente de alegria. E será ele o apresentador oficial do Prêmio Gastronomia Preta.

Professora de Gastronomia, panificação e confeitaria, com especialização internacional em bolos Artísticos, Léo formou-se em gastronomia pela universidade Anhembi Morumbi, especializou-se em cozinha Internacional, trabalhou como Chef de gastronomia no Senac Aclimação e sua especialidade é Confeitaria artística. Ela criou um canal no Youtube que tem mais de 3 milhões de inscritos e já formou mais de 22 mil alunos em confeitaria.

Flávio é ex-chefe de confeitaria do grupo Fasano. Ele deixou o grupo e fundou a Só Doces em São Paulo. Atualmente ele se dedica a ministrar cursos na Academia de Confeitaria Flavio Federico. Sua confeitaria é conhecida pela utilização de ingredientes simples e pela valorização dos produtos brasileiros.

Foto: Divulgação