Mais de 60 mil pessoas participaram das festividades em homenagem à padroeira das causas impossíveis no Santuário em Cássia

0
377

A primeira Santa Missa foi às 6h. Depois, teve Missa às 8h. A Missa das Rosas, em celebração ao aniversário da Santa e de comemoração de um ano do Santuário foi às 10h, ministrada pelo bispo da Diocese de Guaxupé, da qual o Santuário faz parte, Dom Lanza Neto. “Estamos aqui confiantes que Santa Rita interceda a Deus por nós, nas nossas necessidades. Com tanta gente vindo de vários lugares, que Deus nos abençoe, abençoe todos os devotos e peregrinos aqui presentes no Santuário”, destaca Dom Lanza.

Além da Missa das Rosas, outros eventos marcaram o aniversário de um ano do Santuário, idealizado pelo empresário cassiense Paulo Flávio de Melo Carvalho. A 1ª novena de Santa Rita ocorreu entre os dias 13 e 21 de maio, com o tema “Com Santa Rita, em família, acolher o chamado de Jesus”, sob o Lema “Olhou-o com misericórdia, o escolheu e disse siga-me” (Mt 9,9). Para o reitor do Santuário de Santa Rita, Padre Michel Pires, “a fé é a expressão de um povo que busca, na santa das causas impossíveis, o alento e a esperança. Nós ficamos felizes e gratos a Deus porque estas portas abertas estão acolhendo tantos filhos e filhas que querem uma conversão em seus corações e a saúde do corpo e da alma para se colocarem a serviço.”

Mais de 60 mil pessoas passaram pelo Santuário nesses dias festivos. “Está sendo muito especial, com uma participação muito positiva e com muitos peregrinos. E o melhor, todas as vezes que a gente conversa com os peregrinos e pergunta: voltarão? Eles respondem: o ano que vem estaremos aqui. Ou seja, nós fizemos um trabalho que permitiu ao peregrino se sentir acolhido e desejar o retorno”, avalia Padre Dione Piza, vice-reitor do Santuário.

Eventos

No sábado, dia 20 de maio, missas consagradas à Santa Rita de Cássia foram realizadas por padres de diversas localidades de Minas durante todo o dia. Na ocasião, foi lançado o livro “A Construção do Grande Santuário de Santa Rita de Cássia – conheça a história do homem que construiu o maior Santuário do mundo dedicado à Santa”, de autoria de Dôra Borges, com a presença do idealizador e doador do Santuário, o empresário Paulo Flávio de Melo Carvalho.

Em seguida, a influenciadora católica Céci Portugal, falou sobre seu trabalho de evangelização dedicado à Santa Rita com a palestra “Fortes como Rita”. “Santa Rita foi uma mulher muito forte, em todos os sentidos, com tudo o que ela viveu. E a história dela é muito atual, muitas mulheres enfrentam problemas no casamento, problemas com os filhos, até uma dificuldade de discernir a vocação, então eu entendi que essa luta de Rita é muito atual e a gente precisa da força de Rita”, observa Céci.

No domingo, 21 de maio, teve a 1ª. Romaria de Fuscas e Carros antigos, que lotou o estacionamento entorno do Santuário e atraiu visitantes e curiosos. A iniciativa foi fruto de uma parceria da Volks Club com o Santuário. O 3º. Passeio Ciclístico de Santa Rita, promovido pelo Canastra Racing e Bora Pedalar reuniu ciclistas com destino ao Santuário de Santa Rita de Cássia.

As festividades que encerram a novena e a Festa de Santa Rita de Cássia terminam com a missa das 19 horas, celebrada pelo Padre Sandro Henrique, da Paróquia Bom Jesus dos Passos, da cidade de Passos-MG, seguida da procissão, partindo do Santuário.

Fotos: Virgínia Silva, André Luiz Ribeiro e André Luiz Ribeiro