Páscoa:  Alimentos estão 14,8% mais caros este ano

0
1144

A Páscoa deste ano irá pesar mais no bolso dos brasileiros. De acordo com levantamento da Associação Paulista de Supermercados (APAS), os preços dos alimentos típicos estão 14,8% mais caros em 2023 em relação ao ano passado.

O bacalhau, alimento típico nesta época do ano, apresenta alta de 7,4% nos últimos 12 meses, sendo a maior alta entre as proteínas que compõem a cesta de produtos típicos  do período afirma a pesquisa. Porém, outros peixes, como corvina e a pescada, aparecem como alternativa, com variação de -7% e 2%  aponta a Apas.

Outros itens também subiram: a batata 11,7%, o arroz 14,7%, o bombom 11,15%) e o chocolate (10,2%). A entidade também apontou aumento nas bebidas.  As cervejas subiram 10,9%, o refrigerante 15,7% e o vinho 7%.

Para o  diretor-geral da Apas, Carlos Correa, o ideal é o consumidor pesquisar os preços antes de fazer as compras para a Páscoa. “Cada supermercado tem uma negociação diferente com a indústria. É vital que o consumidor faça a sua lista de compras e pesquise os preços no maior número de lojas possível, além de aproveitar as promoções”.

A Páscoa é a segunda data de maior venda para o setor supermercadista do Brasil, perdendo apenas para o Natal.

Dicas

O Sebrae elaborou cinco dicas que vão ajudar o consumidor durante as comemorações de Páscoa:

Pense fora da caixinha: Procure inovar na forma de apresentar o produto. Invista em embalagens, laços, colheres de boa qualidade, tags personalizadas. Chamar a atenção do cliente é importante e estratégico.

Aposte na customização: Um grande diferencial dos doces artesanais é a possibilidade de customização com opção de encomendas personalizadas. Dar ao cliente possibilidades de escolha e de combinação de sabores e produtos é uma solução que oferece mais autonomia a ele e que pode atender a um público maior. 

Explore também novos nichos de mercado: Oferecer uma linha fitness pode ser uma aposta de sucesso. O público que frequenta academias e tem uma dieta regrada faz com que alternativas menos calóricas sejam pensadas.

Conquiste pelo recheio: Investir na diversificação de sabores é uma opção de negócio altamente válida para os mais diversos produtos especiais de Páscoa. Aposte em um leque de opções que envolva recheios tradicionais, frutas e também sabores regionais.

Ofereça brindes ou mimos: Faça um cálculo levando em consideração o valor médio gasto pelos clientes. Avalie a possibilidade de oferecer brindes durante o período que antecede a data.

Fonte: SuperVarejo/Apas/Sebrae Foto: Freepik