Destino de motociclistas, São Pedro agora tem Encontro de Vespas e Motos Clássicas

0
885

Subir ou descer as estradinhas da Serra do Itaqueri contemplando suas belas paisagens, com o vento batendo no rosto, é mais do que um passeio. É viver o melhor da vida. Quem sabe muito bem disso são os motociclistas que, principalmente aos finais de semana, se reúnem em restaurantes e outros atrativos turísticos do alto da serra de São Pedro. Destino perfeito para os amantes dos veículos de duas rodas, que anualmente, em julho, sedia um dos maiores encontros de motociclistas de todo o Brasil, a Estância Turística de São Pedro agora vai realizar um outro evento para este público: o 1.º Encontro de Vespas e Motos Clássicas.

Aberto à população em geral, o encontro será nos próximos dias 25 e 26, numa ampla estrutura que será montada na Praça Gustavo Teixeira. “Será uma festa para todos, com exposição de motos antigas, clássicas e até algumas raras, apresentações de bandas de rock nos dois dias e praça de alimentação”, conta Ronaldo Gasparelo, secretário de Turismo de São Pedro. Como organicamente, pelas suas características turísticas, São Pedro já atrai motociclistas, o poder público decidiu apoiar a realização do Encontro de Vespas e Motos Clássicas, até porque também será desfrutado pelos turistas em geral e pelos moradores.

Haverá um espaço, coberto, para exposição de motos e vespas antigas, clássicas e raras de propriedade de colecionadores de várias localidades. Entre as máquinas já confirmadas para estarem em exibição pública, está uma moto Harley-Davidson de 2016, que é edição limitada em homenagem ao cantor Elvis Presley, informa David de Souza, diretor da Reda Eventos, empresa que organiza o 1.º Encontro de Vespas e Motos Clássicas, a mesma responsável pela Expo Moto São Pedro que, neste ano, chega à 20.ª edição.

“Elvis sempre foi um apaixonado por motos e uma de suas motos icônicas foi uma Harley-Davidson nas cores azul e branco. No encontro de São Pedro, o público poderá ver de perto uma igual à dele”, detalha David.

Terão outras raridades em exposição, como a Lambretta Modelo LD, ano 1958, 150 cilindradas, a Vespa Modelo M3, 1961, 150 cilindradas, e a Lambretta Modelo Cynthia, ano 1971, 175 cilindradas. E, claro, haverá motocicletas de variados modelos, épocas e estilos no estacionamento do evento. “Muitos dos motociclistas que estarão no encontro, que vêm de várias cidades, vão para São Pedro com suas motos. E vão rodar com elas pela cidade”, frisa David.

Depois dos veículos de duas rodas, a grande atração do 1.º Encontro de Vespas e Motos Clássicas serão os shows de rock. A programação está recheada com apresentações de bandas de São Pedro e da região no sábado e no domingo, em palco especialmente montado para o evento. O encerramento do encontro será com show da banda Elvis Presley Cover, às 17h do domingo. Para atender o público presente no evento, será montada uma praça de alimentação. Estarão estacionados na Praça Gustavo Teixeira foods trucks de São Pedro e oriundos de outras cidades com cardápios variados. Também haverá estandes de venda de produtos diversos ligados ao mundo do motociclismo.

Passeios

Além de participar do 1.º Encontro de Vespas e Motos Clássicas, quem vai para o evento pode aproveitar para apreciar as belezas naturais de São Pedro. Passear pela serra, parando em mirantes e em restaurantes, é o que mais agrada. Estão no roteiro dos motociclistas o Quintal da Serra, que serve café colonial sem igual aos sábados e domingos; Venda do Brilio, no alto da serra, que abre para café da manhã e almoço com sua famosa costela assada; Estação da Cachaça para café, almoço e comprinhas, e Rancho da Tirolesa para café da manhã, almoço e happy hour além, é claro, de duas aventuras na natureza: tirolesa e passeio a cavalo.

Foto: Divulgação