Eventos internacionais geraram mais de US$ 116 milhões para calçadistas

0
829

Quatorze feiras internacionais, uma missão comercial à Colômbia e dois projetos com compradores estrangeiros no Brasil geraram US$ 116,5 milhões para calçadistas brasileiras apoiadas pelo Brazilian Footwear, programa de apoio às exportações do setor mantido pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil). O valor, convertido em reais (mais de R$ 600 milhões) aponta para um retorno de R$ 66 para cada R$ 1 investido nas ações pelo programa (R$ 9 milhões ao longo de 2022).

A gestora de Projetos da Abicalçados, Letícia Sperb Masselli, conta que o programa de apoio às exportações do setor calçadista existe desde o ano 2000, sempre com retorno expressivos para as empresas participantes. “Além dos eventos de promoção comercial, temos ganhos relevantes com iniciativas de imagem e capacitação para a atuação internacional, o que não é contabilizado no faturamento, mas traz ganhos no médio e longo prazos”, comenta a gestora.

De acordo com  Letícia, no ano passado marcas brasileiras tiveram apoio do Brazilian Footwear em algumas das principais feiras do setor na Itália e Estados Unidos, além de participarem de uma missão comercial com showroom na Colômbia e de projetos que trouxeram importantes compradores da Colômbia e do Cazaquistão para o Brasil. “Atualmente, as empresas associadas ao Brazilian Footwear respondem por quase 80% da receita gerada com as exportações totais de calçados brasileiros”, conclui.

Exportações:  Dados mais recentes elaborados pela Abicalçados apontam que, entre janeiro e novembro do ano passado, as exportações do setor somaram 129,2 milhões de pares e geraram US$ 1,2 bilhão, 49% mais do que no mesmo período de 2021 e valor que não era atingido há 12 anos.

Fonte/Foto: Abicalçados