Kartódromo do Dream Car Museum de São Roque será concluído em fevereiro

0
469

O novo ano começa com uma excelente notícia para os fãs de automobilismo: o kartódromo do Dream Car Museum está previsto para ser concluído em fevereiro de 2024. Com pista e infraestrutura de nível internacional, a novidade será uma das grandes atrações do complexo cultural, gastronômico e de lazer inaugurado no dia 9 de dezembro na cidade de São Roque, distante 60 km da capital paulista, e que oferece museu com 145 veículos antigos, shopping com 23 lojas e parque de diversões temático.

O kartódromo já nasce como um dos mais modernos e seguros do Brasil. São 1.030 metros de extensão por 7 metros de largura, medidas oficiais atualizadas em 4 de dezembro de 2023 e aptas à homologação pela Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) e pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA), atendendo, ainda, a parâmetros como áreas de escape e zebras. Atualmente, são raros os kartódromos com pista de 7 metros de largura, o que permite sediar competições de motos e drift de carros. Também poderá ser usado por montadoras de carros e motos, bem como outras empresas do ramo automotivo, para a realização de lançamentos e testes de desenvolvimento de tecnologias. O salão de eventos, que funciona no pavimento superior do museu, tem 1.500 metros quadrados e rampa de acesso, possibilitando a entrada de veículos de grande porte. Tudo isso com vista panorâmica para os modelos expostos no acervo. O circuito ainda poderá sediar track days, cada vez mais em alta entre os apaixonados por veículos.

As obras da pista estão a todo vapor e deverão estar prontas em fevereiro de 2024. Já a inauguração oficial está prevista para o final de fevereiro. O traçado será um dos grandes atrativos, garante o coordenador do projeto do kartódromo, Eduardo Gliorio Gozzano. “São 16 opções de traçado, que vão desde os mais travados até os de alta velocidade, em que será possível atingir entre 100 km/h e 110 km/h”, explica.

Eduardo revela outro importante diferencial: a tecnologia. “Teremos um sistema de cronometragem que fornecerá 100% das informações de treino para que o piloto possa armazenar os dados e acompanhar a evolução de sua técnica. Também contaremos com um completo sistema de TV que permitirá não apenas transmitir as provas ao vivo, mas também armazenar essas imagens para que os pilotos possam corrigir eventuais erros”, detalha.

24 boxes e arquibancada

A infraestrutura disponível para pilotos e equipes é de fazer inveja a muitos autódromos: além de 24 boxes, contará com torre de cronometragem, arquibancada com capacidade para 1.000 pessoas, ambulatório, salas de comissários e de imprensa. “A ideia é não apenas termos o nosso próprio campeonato, mas também sediar competições de terceiros”, salienta. Para 2024, por meio de parceria com a Federação Paulista de Motociclismo, já estão programadas 10 etapas do Super Moto, além de 5 etapas de campeonato de drift e 10 etapas de kart. Em resumo: pelo menos 25 eventos já estão programados até dezembro de 2024.

Para usar o circuito, não será preciso ter um kart, pois haverá 30 unidades para alugar. Desse total, 25 são destinados aos adultos (motor de 13 hp) e 5 às crianças (motor de 6,5 hp). Ambos os modelos são equipados com propulsor Honda e chassi Mega Kart.

Asfalto de alta performance

A tecnologia também está presente na qualidade do asfalto empregado. O asfalto de alta performance SMA (Stone Matrix Asphalt – matriz pétrea asfáltica) é o mesmo utilizado nos kartódromos e autódromos mais modernos do mundo, como o de Interlagos, por exemplo. Entre as suas principais qualidades estão a maior durabilidade e redução da cortina de água (spray) durante a chuva. Além disso, proporciona maior aderência e menor desgaste dos pneus, ajudando a reduzir custos e aumentando o nível de competitividade durante as corridas.

Com mais de três décadas de experiência no automobilismo, Eduardo Gliorio Gozzano foi responsável por inaugurar o kartódromo de Itu, em 1994, e por organizar o campeonato estadual, as 24 Horas de Kart e o Mundial de Kart. Foi também em Itu o lançamento do drift em solo nacional. “Já visitei muitos kartódromos no Brasil e no exterior e não vi nada parecido com o que teremos aqui, não só pela infraestrutura que o cercará, com lojas, restaurantes, museu e parque de diversões, mas também pelo moderno sistema de tratamento de esgotos, dentro de um conceito ambientalmente correto”, destaca.

O presidente da Comissão Nacional de Kart da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), Binho Carcasi, que acompanha de perto as obras e presta todo o apoio técnico necessário, ao lado do consultor técnico Fábio Santos, vibra com a iniciativa do Complexo Dream Car Museum. “O surgimento de uma nova praça esportiva é motivo de comemoração. Esta pista será fantástica e muito moderna. Pelo fato de ser próxima da cidade de São Paulo, certamente será um sucesso”, avalia.

Consultor técnico da Comissão Nacional de Kart da CBA, Ricardo Molina lembra que o kartismo é a única modalidade que pode ser praticada como hobby sem a necessidade de patrocinadores, pois os investimentos são muito menores em relação a outras categorias. Por isso, defende que é a base do automobilismo brasileiro. “O piloto geralmente começa com kart alugado e, quando a paixão entra no seu sangue, compra o próprio kart. O kart é um grande celeiro de pilotos”, finaliza.

O Dream Car Museum é uma iniciativa que evoluiu de uma modesta garagem para um dos maiores complexos culturais, gastronômicos e de lazer do Brasil voltados aos fãs do antigomobilismo, totalizando 12 mil metros quadrados de área construída e 100 mil metros quadrados de área total. As obras começaram em março de 2022 e foram concluídas no início de dezembro de 2023. Desde o dia 9 de dezembro passado está aberto ao público.

O mais novo complexo cultural, gastronômico e de lazer do Brasil está estrategicamente localizado a menos de uma hora (60 km) de carro de São Paulo, próximo das rodovias Castello Branco e Raposo Tavares. Quem mora na capital paulista ou em cidades como Sorocaba (40 km) e Campinas (100 km) não precisa gastar com passagens de avião e sequer planejar a viagem com muita antecedência. Basta acordar cedo pela manhã e pegar a estrada com a família.

Situado na Estrada do Vinho, 7.901, no bairro Canguera, o Dream Car Museum funciona de terças a domingos. Museu é um dos maiores do Brasil, reunindo 145 veículos

O Dream Car Museum conta com um dos maiores acervos do Brasil no segmento de veículos antigos. Estão expostos 85 automóveis, 20 motos e 40 bicicletas, totalizando 145 veículos, pertencentes a colecionadores de São Paulo. O número total de veículos é mais do que o dobro dos 70 inicialmente previstos.

Os aficionados podem ver de perto os modelos que ficaram famosos em todo o mundo ao levar os pilotos de Fórmula 1 durante o desfile realizado antes do GP do Brasil, em 5 de novembro passado, no autódromo de Interlagos, como Ford Fairlane, as Ferraris, Mercedes e os Cadillacs conversíveis, Buick, Rolls-Royce, Nash, Austin, Corvette, Camaro e Shelby Cobra. Além dos esportivos da Porsche, há também um trator fabricado pela marca alemã. Não faltam carros norte-americanos de diversas décadas e os nacionais que ainda hoje fazem parte da vida dos brasileiros, como Fusca, Opala, Landau e Gol GTi, entre outros. Modelos famosos do cinema igualmente atraem olhares, como a réplica do Batmóvel e, para a alegria da garotada, os astros dos filmes “Carros” e “Speed Racer”.

Empreendimento gera cerca de 250 empregos

O empreendimento está gerando cerca de 250 novos empregos, entre postos diretos e indiretos, fortalecendo a economia e o turismo de São Roque e região. A infraestrutura une o clássico e o moderno de forma harmônica, disponibilizando, inclusive, quatro eletropontos para carros elétricos. Dessa forma, enquanto o dono admira modelos que marcaram época no Brasil e no mundo, as baterias do seu veículo são recarregadas.

Foto: Divulgação